Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

300 km depois...

Comemorar e seguir em frente. Iniciei esta semana a terceira fase do treinamento. Depois de cumprir com a planilha Sedentários e Eternos Iniciantes e a 10K por diversão, construi a terceira planilha baseando-me nas informações que consegui no RW RESPONDE com o Mário Sérgio Andrade, diretor técnico da assessoria esportiva Run&Fun e colunista e consultor da RUNNER’S WORLD. Continuarei treinando três vezes na semana até a próxima etapa do Circuito das Estações Adidas Primavera. A 3ª Etapa do Circuito Athenas está me chamando, mas não sei se terei condições de participar dela. A primeira ladeira a gente não esquece. Ontem inspirado em minha mãe, que faz caminhada quase que diariamente, resolvi mudar meu percurso. Sabendo que teria uns 8K pela frente preferi fazer Icaraí/Cantareira, ao invés do tradicional vai e vém entre Icaraí/Ingá. Só tinha um detalhe nada pequeno no meio do caminho: a subida do MAC. Segui aos ensinamentos Capitão Ladeira (Runners, edição 17) e consegui subir, mas c…

Se eu pudesse ir, eu recomendaria...

10K da Corrida das Estações Adidas - Inverno

Eram cinco e meia da manhã quando eu me levantava para mais um desafio no Aterro do Flamengo. Como tudo estava arrumado desde a noite anterior, em poucos minutos já estava no carro. A travessia da ponte ocorreu sem problemas, pistas livres e o sol nascendo no retrovisor do carro em um céu azul e laranja sem nuvens. Em menos de vinte minutos estava descendo a perimetral e estacionando em frente a passarela que nos leva ao MAM. Boa estrutura. A primeira impressão foi positiva. Os estandes para retirada dos chips foram bem distribuídos atrás do museu e não enfrentei fila para pegar o meu. Os patrocinadores se espalharam em frente a praça e aproveitei o horário para saber o que eles ofereciam e para quem. Alguns deles estavam ali por causa de funcionários que participariam da prova e promover alguns de seus produtos. Parabéns a Adidas por seu estande, pois estava oferecendo o teste da pisada para todos os participantes do evento. Como eu já havia feito, menciono o fato aos iniciantes, poi…

Motivação é o que não falta!

Ainda estou sobre o efeito Family Run e isso faz a cabeça trabalhar cada vez mais em pró de melhores práticas para a corrida.

O resultado oficial e observações. Eu não poderia deixar de mencionar que fiz 35’28” para os 6K. Cheguei em 106º na categoria M3539 e 700º na geral. Meu amigo Carlos marcou 35’17” e chegou em 77º na categoria M4044 e 684º na geral. Esta foi minha primeira prova. Tirando a largada, acho que o resto foi bem organizado. Para mim tudo foi uma grande novidade. Li no site da Corrida das Estações Adidas a tal divisão de categorias para a largada; o pelotão queniano e os respectivos por cor. Seria bem melhor se a coisa fosse feita deste jeito. Eu tive dois problemas no início da prova. O primeiro foram duas senhoras andando e depois três caras que vieram atropelando da parte de trás do pelotão. Vou torcer para ano que vem isso ser resolvido.
Click: Parece que vários sites especializados mantém um serviço de fotografia de TODOS os participantes. É sério. A busca no site…

Os 6 Km da Family Run

Family Run. Eram mais ou menos sete da manhã, quando consegui parar o carro próximo do Largo do Machado. O tempo estava nublado, meio feio, mas a temperatura era mais que ideal para quem iria correr. Estava a pouco menos de 1 Km da largada, ótimo para um trote e esticar o corpo. As pessoas estavam chegando, de todas as idades, tamanhos, estados e países. Sim, haviam muitos turistas na prova de 6 Km também. Um canadense com um chapéu com bandeiras de sua pátria chamava a atenção alguns metros a minha frente, enquanto alguém falava espanhol nos arredores. E para não quebrar a tradição esbarrei com um velho amigo. Carlos foi um companheiro de trabalho quando fui residente em uma empresa há alguns anos. Corredor, desde janeiro, meu velho amigo disse que participa de todas as provas possíveis com um ar de muito satisfeito e com sete quilos a menos desde que iniciou os treinos.
Para fazer o tempo passar e preparar o corpo para prova fomos para um trote de 10’, enquanto mais gente continuava…

A Energia é maior do que eu pensava

O passeio pela feira me colocou em um mundo que só conhecia pela televisão. Eu passei por vários rostos conhecidos (me desculpe, pois sou péssimo com nomes) e foi aí que me dei conta de que todos sorriam e conversavam motivados sobre o hábito de correr. Especialistas, amadores, altos, baixos, gordinhos, magrinhos, jovens e outros nem tão jovens, procuravam se inteirar do que acontecia no mundo dos corredores. Um estilo de vida em busca de qualidade e saúde. 
Meio atônito, resolvi pegar o kit. Quando seguia para o check-in fui abordado por uma pessoa da organização que me orientou para pegar o chip primeiro. Quando assinava o termo para pegar o chip (ele custa 90,00 se você perder), juro que aquela mulher com pouco mais de 1m60 já aparecera na TV. São Silvestre, Volta da Pampulha, não sei. Tranquila, serena e simples, como uma pessoa qualquer no meio de muitas outras. Um exemplo a ser seguido. Com um contrato assinado e chip na mão, voltei para o check-in. Organizado, porém mais rápido …

Inspiração e improviso

Nem sempre é possível correr com o visual desta foto acima. Se você, como eu, não possui o privilégio de fazê-lo todos os dias, não se acomode e improvise. O importante é correr!Criatividade. Os treinos durante a semana eu normalmente realizo dentro do estacionamento do próprio condomínio. A área do estacionamento formada pelos quatro edifício me possibilitou criar um circuito de 600 metros. Esta foto foi tirada por volta das cinco e meia da manhã. Apenas eu e os passarinhos estávamos acordados assistindo ao amanhecer. Ao contrário de muitos, que possiem uma trilha sonora, gosto de ouvir as notícias pela CBN para me manter integrado a este universo. Nada fantástico, mas o suficiente para não precisar correr nas ruas com os carros. Prefiro assim, a fazer na esteira. Esta eu deixo para minha esposa.Preliminares. Faltando quatro dias para minha primeira prova oficial, hoje realizei um treino de velocidade. Foi interessante e menos cansativo para a musculatura. Pelas minhas contas foram p…

Agora é pra valer!

Diz-se no mundo corporativo que uma pessoa tem 90 dias para se adaptar ao novo ambiente de trabalho e dizer para o que veio. Acho que posso me fazer deste dito para este novo esporte que resolvi praticar. Desde 25 de março tenho colhido os frutos da minha dedicação a corrida. Teorizando. Resolvi ir mais a fundo e estudar mais sobre a modalidade. Revisando as revistas que andei comprando e devorando o site da Runners, descobri informações relevantes sobre melhores práticas para treinos, métricas para desempenho e um tempo estimado para a prova. Achei interessante também a recomendação de se realizar um trote de 10 a 15 minutos para aquecer e azeitar o corpo para prova, lubrificando articulações, esquentando a musculatura e preparando o coração para o ritmo da prova. Só tenho que descobrir quanto tempo tenho antes de seguir para a largada. Provavelmente estarei no final do pelotão, visto a falta de experiência para correr no meio da multidão.Interessante. No site da O2 descobri uma rerp…

200 Km depois...

Minha primeira planilha foi a SEDENTÁRIOS E ETERNOS INICIANTES da Revista Runners (http://runnersworld.abril.com.br/planilhas/) e agora estou chegando ao fim da 10K POR DIVERSÃO e inscrito em uma prova de 6K e outra de 10K que ocorrerão no final do mês de julho. Apesar da motivação algumas dúvidas pairam sobre minha cabeça: para onde ir agora? Fazer manutenção da planilha que estou por encerrar, ou adaptar uma outra planilha ao tempo livre que possuo. Correr três vezes por semana já tem sido uma grande vitória e fico a me perguntar o que fazer daqui para frente? Além de procurar alternativas para melhorar meu desempenho para as provas de 10K, ainda preciso de informações sobre alongamento para evitar contusões musculares.
Informação importante para os iniciantes. Um monitor cardiaco é fundantamental para regular sua corrida. Saia correndo, mas de forma controlada. Saber o que acontece com seu coração é importante. Apesar da motivação inicial, preferi gastar pouco na aquisição de um mon…