Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Li e gostei na Runners #35 - setembro 2011

Meu ostracismo resultou em 3 revistas sem ler e hoje começo a tirar o pé da lama com a leitura. Abaixo algumas considerações sobre a edição da RWB de setembro:
1. Como tudo que se consome com moderação, a carne vermelha também pode ser uma aliada para o corredor 2. O Toddynho não é coisa apenas para crianças 3. Ouvir o corpo falar continua sendo a parte mais importante do treino de um corredor 4. Trabalhar o core é definitivamente a base da saúde do corredor 5. As colunas OXIGÊNIO e NO PIQUE sempre me fascinam 6. A reportagem sobre o Bruno Favoretto mostra que os limites estão em nossa mente 7. Continuo procurando respostas sobre qual o melhor tênis para correr: estabilidade X amortecimento?
Dos temos acima, vou destacar os exercícios para reforçar a região central do corpo. Não estou falando apenas os abdominais, pois não podemos esquecer dos exercícios para reforçar a coluna, principalmente nossa região lombar. Fraqueza nas costas leva a má postura na corrida, que pode trazer efeitos colate…

E lá vamos nós novamente - Parte II

Vou começar este post apresentando a comadre, esposa do Gláucio. Ela também corre. Ama uma atividade física desde que não a tire da cama cedo. Resolvi falar da minha comadre, pois uma frase que ela me disse explica exatamente o momento que estou vivendo:”Você não vive para correr, mas corre para viver melhor. Esta fase de transição vai passar e você tem a vida inteira para correr”. Da mesma forma que foi um alívio suas palavras de apoio, uma pergunta não sai da minha cabeça: Quanto tempo mais precisarei para reorganizar meu relógio biológico, horário de trabalho e família?
Este é um típico caso em que a agenda se tornou uma grande desafio. O corpo reclama treinos, mas estes não cabem mais a noite por costume. De manhã ainda é algo impossível, pois não consigo levantar mais às cinco da matina. E assim o tempo vai passando. O relógio biológico está tão maluco que fui colocar meu filho para dormir às nove e embarquei num lindo sono ao lado dele na cama. Agora são quase duas da manhã e aca…

E lá vamos nós novamente

Foram quase 4 semanas parado. Poderia chamar de férias, mas estaria me enganando. O burnout foi sério e cheguei a me perguntar quando as coisas melhorariam. Em meio a mudanças na vida profissional, nem a corrida foi capaz de trazer alento para um corpo e mente cansado, apesar das conquistas. Foi necessário parar, ou melhor, fui obrigado a parar. A mente deixou de comandar o corpo. Mas finalmente as coisas parecem estar retornando ao eixo. O treino de sábado foi um bom reinício. Foi o que eu esperava. Pace alto e frequência alta. O corpo ainda não está 100% recuperado, mas aceitou o esforço. Os treinos da semana sofrerão alteração. Segunda-feira, por questões profissionais, o treino deve passar para a noite, mas o de quarta firme e forte me propiciará um belo nascer do sol.
Depois de conversar muito com minha querida esposa, ela me incentivou a participar da Adidas Primavera, mesmo que seja apenas para terminar a prova. Relutei, mas finalmente me inscrevi agora há pouco. Dia 9 de outubr…