Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Bursite trocanteriana

Depois de muito custo consegui agendar a ultrasonografia do quadril. O procedimento é realizado com mesmo equipamento do exame periódico das grávidas. É um exame rápido, onde o objetivo foi avaliar a articulação quadril/fêmur. Apesar da dor (em outubro) ser percebida na crista ilíaca, o dispositivo foi apontado para região pubiana. Segundos depois ela disse: "você tem uma bursite. É antiga."
Segundo o Wikipedia, bursite é um tipo de inflamação e pode ser provocado por movimentos repetirivos, ou sobrecarga na articulação. A carapuça servi certinha. Como se feita sob medida. O tratamento pode ser feito com anti-inflamatórios, analgésicos, repouso, fisioterapia e dependendo do caso, intervenção cirúrgica.  Contei minha breve história das três meias maratonas, um bocado de treinos e noites mal dormidas, por causa do trabalho e os pormenores da vida. Sem chororo, pois viver é um desafio diário. A parte boa é que o diagnóstico confirmou minha percepção do problema e reforça a tese d…

Que venha 2012!

As revistas e sites neste final de ano falam sobre férias, controle de peso, cross trainning, supondo que você terá uma folga do trabalho e consequentemente sugerem um plano para você não meter o pé na jaca. Alertas com a manutenção do peso e do condicionalmente físico ocupam mais espaço que o normal. Para mim janeiro será um mês como outro qualquer, pois meu pit stop foram nos meses de setembro e outubro. Minha meta é chegar no inverno a 100%, pois não existe cenário melhor do que os meses de inverno para se fazer tempo. Ao chegarmos em setembro, apenas com sorte teremos temperaturas amenas o suficiente para sonhar com recordes pessoais. Assim, vejo o terceiro trimestre como um bom período para baixar o ritmo e reiniciar a preparação física. Até pelo ritmo que a vida profissional nos impõe. São meses realmente duros pela necessidade de cumprimento de metas. Não sei se estou certo e agradecerei a sua manifestação.Falando em metas pessoais, 2011 foi um ano de conquistas, recordes pesso…

2412 metros e um pouco mais de Max e Cooper

Hoje terminei o primeiro ciclo de treinamento após o tempo que passei no estaleiro. O objetivo era voltar a correr 10K com conforto. Assim levantei para o treino deste domingo nublado, com temperatura perto dos 25 graus. Uma corrida leve até São Francisco, alguns minutos de descanso e a largada para os 2.4K conhecidos como Teste de Cooper. Poderiam chamar de vestibular dos corredores.
Para quem não conhece, o Teste de Cooper é uma avalia o tempo que um corredor leva para cumprir 2.400 metros. Mr. Cooper elaborou uma planilha para avaliar homens e outra para avaliar mulheres, levando em considerando grupos usando faixas etárias como parâmetro. Usei como largada a faixa do sinal no início da orla de São Francisco. Apesar da distância parecer pequena, não é pequena a ponto de bancarmos um velocista. Quando fiz o este pela primeira vez, quebrei. Terminei com quase 12 minutos. A segunda, já vacinado, consegui um desempenho melhor. Mas a segunda metade fui mais lento. Hoje corri pela terceira…

Os excessos e suas consequências

Hoje aconteceu a Corrida do Comércio em Niterói, organizada pela Spiridon. Foram 6.7K do MAC até a Estação das barcas no bairro de Charitas. Postos de hidratação ali pelo Km 2.5 e outro ali pelo Km 5.0. A pista lateral das praia de Icaraí e São Francisco foram isoladas e a Estrada Fróes reservada exclusivamente para os corredores e caminhantes. A camisa do kit era tão bonita quanto a da Corrida da Unimed. Pena que não vi divulgação para o evento. Para falar a verdade, acho que pouca gente além dos menos de 300 que largaram viram. Este é um problema constante para as coisas que acontecem do lado de cá da Baía. Como eu soube disso tudo? Soube ontem de noite com meu compadre Gláucio e fomos de pipoca, oras.
A leitura da Runner's de dezembro o quanto a vida moderno nos induz a uma séria de vícios. Não preciso falar dos entorpecentes para ilustrar este post, pois a bebida e o álcool são dois exemplos de drogas sociais que estão disponíveis e sem muita censura. Algumas leituras depois pe…

O peso de uma mudança

Nas últimas semanas eu tenho acompanhado os protestos em torno da mudança de percurso da São Silvestre. Li reclamações que falavam sobre a qualidade do novo percurso, do poder de algumas empresas, a quebra de tradições... sinceramente, analisando friamente digo que mudar faz parte da ordem natural da vida. Segundo alguns estudos de comportamento (procure o Google) o ser humano é 10% aptidão e 90% adaptação. Somos mutantes, plurifacetados, multitarefas e INCONSTANTES.  Obviamente que alguns hábitos estão mais enraizados do que outros em nosso jeito de ser ou de viver. Que em alguns lugares ou culturas a tradição garante um modus operando para um grupo de pessoas, mas a verdade é que mais cedo ou mais tarde as coisas (e pessoas) mudam. Eu tive que mudar (para melhor diga-se de passagem) para me tornar um corredor. Velhos hábitos foram deixados para trás e outros novos foram incorporados em busca de uma vida mais saudável e sem vícios, digo vícios ruins. Se você é novo no mundo da corrida …

No pain... no PAIN!!!

Não haveria forma melhor de comemorar a conquista dos 1900 Km de corrida. Final de semana é sinônimo de longão e este havia um gosto especial, pois seria meu primeiro treino com 60 minutos desde que começei este novo ciclo de treinos e colocaria a prova minha recuperação.
Tinha tudo para dar errado. Terminei a semana exausto, tanto que às dez da noite da sexta-feira eu colocava o rebento para dormir e fui junto. A esperança era ter uma noite de sono com oito a nove horas para acordar bem disposto, mas por volta das três da madrugada acordo com o choro do pequeno. Algo que ele comeu provocou uma baita de uma diarréia. Até a situação se acertar levou tempo. Eram quase cinco e eu ainda em ação. Acho que peguei no sono perto das sete, mas às oito e meia o patrãozinho me expulsava da cama.
Daquele momento até as quatro da tarde, o tempo passara rápido. Não tive tempo para piscar. Aproveitei o tradicional sono da tarde dele para descansar a cabeça, mas acabei achando uma soneca tentando assis…

Treinos intervalados e a perda de peso

Imagine você sentado em sua mesa de trabalho ouvindo seus companheiros discutindo sobre saúde, boa forma e voltar para musculação. Nenhuma novidade neste mundo onde muitos vivem de promessas (principalmente nesta época do ano) e alguns poucos assumem um real compromisso de revolucionar a própria vida. Mas o cenário foi montado por causa de um comentário específico. Um destes personagens jurava que voltaria a boa forma através da corrida. Quando ouvi a palavra corrida, me interessei e comecei a prestar atenção na calorosa e animada conversar, até que ele disse que faria tudo isso com treinos contínuos baseados em distância. Você também já passou por uma situação semelhante? Pois é, você não foi o único. Os treinos são mais do que simplesmente colocar um par de tênis e sair correndo por aí, ou pela esteira até um número mágico aparecer. Os treinos são elaborados objetivando uma crescente de condicionamento, se fazendo (principalmente) dos treinos intervalos. Se você não conhece o termo,…