Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Aquilo que nos molda

Esta semana eu gastei um tempo surfando no LinkedIn, o “facebook” corporativo, pois os artigos publicados ali são muito interessantes. Particularmente, tudo que tange o comportamento humano me chama a atenção e foi quando me deparei com um texto falando o desenvolvimento da inteligência emocional. Porém, o que me chamou a atenção foi a parte que ele explicou o funcionamento do cerébro e as novidades que a ciência trouxe recentemente para o assunto.
O cara inicia o texto falando sobre o mito de que as células nervosas não se reproduzem e são finitas. Isso foi verdade até recentemente, quando um centro de pesquisa especializado em mapeamento da atividade cerebral rastreou uma célula se reproduzindo no cérebro. A partir da célula mãe foi visto uma divisão celular gerando uma célula macho e outra fêmea. A fêmea continuava a perpetuar a replicação e a macho seguia para alguma área do cérebro para substituir células em um conexão neural, ou participar de novas conexões neurais.
Pulando a part…

André e seu novo tênis: Asics Kayano 18

Hoje quero falar do tênis que mais quilômetros rodou comigo: o Asics Kayano. Tudo começou com a versão 15, depois veio o da versão 16 e agora, o terceiro, é da versão 18. Kayano, nenhum outro tênis me trouxe tanto conforto quanto este. Somos o queijo e a goiabada, o café com leite, o pé descalço e o tênis (nada de sapato velho). 
Fiz o teste da pisada da Asics, quando fui retirar o Kit da Family Run em 2010, que ratificou o teste que fiz com o Guia do Tênis da Revista Runners, que na época apontava o Kayano como um dos melhores tênis do mercado e o mais adequado para minha pisada.
Uma das características que mais me agrada neste tênis é o seu amortecimento, feito para corredores com pisada pronada e que possuem mais de 90 Kg. Sim, existem tênis para os mais pesados (não necessariamente obesos) e justamente por serem tênis que possuem mais amortecimento, a mordida no bolso é maior do que a “normal”. Mas por causa dele posso dizer que fazer um longão se tornou uma atividade muito confortá…

RESENHAS: Revista Runners #52

CORRER É DEZ!
Os editoriais do Maurício Barros têm sido inspiradores e desta vez foi também nostálgico. Enquanto lia suas palavras minha mente voltou a 2010, quando debutei na distância no Circuito das Estações Adidas - Etapa Inverno - depois de estrear nos 6 Km da Family Run. Gostei tanto que o Glaucio teve que gastar saliva para me convencer a correr meias maratonas em 2011, mas mesmo assim segui fiel aos 10 Km, quando na mesma Adidas Inverno - agora na de 2011 - fiz meu melhor tempo na distância. Até quando me recuperava da bursite os 10 Km foram meus aliados e com certeza continuarão sendo por muito tempo.
Como o Maurício disse, esta prova tem o tamanho perfeito. Caiu no gosto popular e espero que caia no seu.


DE VOLTA PARA O FUTURO
Se você tem costume de registrar seus treinos, a coluna TREINO deste mês lhe será muito útil. O tema do mês é aperfeiçoamento. O texto sugere a criação de um diário (nos dias atuais diz-se blog; se você vai compartilhá-lo é outro assunto) para registrar tr…

42 aos 42

Estava conversando com o Glaucio sobre a maratona que resolvi correr e ele brincou que correrei os 42 Km no ano dos meus 42 anos. Coincidência? Acaso? Numerologia? Sei lá. Sei que 42.195 metros serão desafiados no dia 7, do mês 7, com largada prevista para as 7 da matina. Outra coincidência? Acaso? Numerologia? Sei lá. Sei que serão 23 semanas, ou melhor, 92 treinos (com algumas corridas) para ganhar ritmo até o dia D. Ou seria melhor dizer M, de Maratona?

INICIO DOS PREPARATIVOS: OS EXAMES MÉDICOS
Então resolvi cumprir com a primeira parte do projeto: os exames de início de ano. Por recomendação da minha esposa fui ao Dr. Geraldo Peixoto, que achei excelente. Pela primeira vez pude ver meu coração batendo (saudável, diga-se de passagem) através de uma ultra sonografia. Com o sinal ver do doutor, comecei a viajar no planejamento, mas ainda havia uma segunda etapa: os exames de sangue. Depois de algumas semanas retornei com o resultado para ele dizer que os indicadores estavam excelentes…

EMBAIXADA IGUANA INFORMA: Circuito Athenas vem aí!

A Iguana encolheu e decidiu trabalhar apenas no eixo Rio - São Paulo. Com certeza muita gente ficou triste com isso, mas reconhecer seus limites para oferecer qualidade é uma virtude. É fato que algumas pessoas tiveram feridas e outras, como eu, passaram ilesas em meio aos problemas que organizar corridas pode trazer. Mas isto é viver, tentar acertar sabendo que uma hora ou outra errará.
Em 2012 foi criado o projeto Embaixador Iguana e acabei sendo convidado para participar deste projeto. A Letícia sempre foi muito solícita e prestativa, mas eu não sabia exatamente como deveria me portar e eles também ainda estavam estudando um pacote de ações que seria interessante para divulgar os eventos. Assim 2013 começa, com os votos e promessas definidos, para que passemos o ano feliz e participando destes eventos de qualidade acima da média. Falo porque já participei de algumas etapas do Circuito Athenas (e fiz registro no blog dos 10 Km - 1a etapa de 2012 e 4 Km na 3a etapa) e minha esposa e …

Circuito do Sol 2013 - Relato da prova

Como toda boa corrida, os preparativos começaram na véspera. Arrumei a roupa, prendi o número de peito, cuidei da alimentação e dormi cedo. Afinal, horas de sono são importantes para o bom desempenho. Dormi tão bem, mas tão bem, que acordei estapeando o despertador. Ele tocou um monte de vezes, tentando me lembrar da corrida. CORRIDA! Seis e quinze!
Um banho frio para acordar, uma tigela de sucrilhos para acalmar a barriga, roupa, documentos e bora para o carro. Enquanto atravessava a ponte lamentava por ter esquecido a braçadeira. Iria fazer a corrida sem o Runkeeper. Em meio aos impropérios que eu proferia, o Eric me ligou para saber onde eu estava. Respondi que estava atrasado e atravessando a ponte. Lembrei que tinha combinado de encontrar a Renata, companheira de blog, para tirarmos ao menos uma foto. Lembrei do resto da galera toda... suspiro.
Com a perimetral parada (acidente), o jeito foi atravessar lentamente a Presidente Vargas. O coração já estava acelerado, pois passavam das…