Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Quatro anos de corrida comemorados na Athenas 10K

Foi um final de semana memorável. Apesar dos quase 60 quilômetros entre Niterói e a Barra da Tijuca, chegar a Mega loja da Centauro e pegar o kit sem filas ou transtornos foi um alento. A estrutura simples e eficiente é sinal da maturidade da Iguana Sports como organizadora de eventos esportivos. A camisa de poliamida (linda diga-se de passagem) será guardada com muito carinho, pois nesta prova comemorei quatro anos como corredor. Eu gostaria de ter mobilizado a galera, tirar fotos, mas foi tudo meio no improviso, por conta da correria (sem tênis) dos últimos dias. Por capricho do destino ainda consegui ajudar uma amiga do trabalho, que em viagem não conseguiria pegar o kit. Assim, cumpri o ritual de sempre. Tentar descansar na noite anterior, levantar cedo e curtir a prova. Prova que não seria para buscar recordes pessoais, mas para consolidar a maior das lições que a corrida pode nos ensinar: a persistência. O bom corredor aprende logo o quanto a corrida pode ser generosa com quem se e…

Mais uma lição

Hoje vou falar em uma das profissões mais importantes do mundo. Vou falar daqueles que nos ajudam a ter as primeiras idéias e interpretações sobre o mundo que vivemos. Àqueles que fora de casa nos trazem referência da vida, mas que raramente são reconhecidos. Vou falar que eles mais uma vez são exemplo, pois reunidos decidiram promover a saúde para si e para os seus. A Associação Beneficiente dos Professores Públicos Ativos e Inativos - APPAI - resolver correr. Aproveitou o Circuito Light Rio Antigo, montou um convênio, seus associados através da doação de latas de leite efetuam suas inscrições para a corrida. O empenho é tamanho que uma tenda é mantida no dia do evento para apoiar seus professores e parentes corredores. Extraordinariamente a prova oferecerá as distâncias de 4 km e 8 km por conta das obras que o centro do Rio está sendo submetido. Este domingo, participarei da prova e poderei contar com mais detalhes mais esta faceta que a corrida me proporcionou. Mais detalhes sobre a …

A vida... é uma caixinha de surpresas II

Onze dias de molho, relaxante muscular e muito gelo. A perna parou de doer e resolvo fazer o primeiro teste em ambiente controlado. A proposta seria realizar 40 minutos de corrida leve na esteira para ver como a coisa estava debaixo da pele. Depois de dois minutos caminhando, coloquei a máquina rodando a 8.7 km/h e lá fui. Um gole d'água a cada 10 minutos (avisados pelo monitor cardíaco) e quando percebi o treino havia acabado. Foi um treino razoável, faltando uns 5 minutinhos um leve desconforto, mas não que assustasse. O decorrer do dia é foi um pouco mais complicado, pois fiquei com uma dor localizada. Mais gelo nas 48 horas seguintes e estava na boa. Era quinta, acordei cedo, mas decidi dar mais 24 horas para a musculatura antes de ir para a rua. Mais gelo, sem dor e novamente acordei cedo. Não resisti e desci para tentar 40 minutos de corrida leve, agora no asfalto. Não havia como àquela hora ligar a esteira dentro de casa. Minha mulher iria me trucidar antes mesmo dos vizinhos…

Na COMpressão

Sem dores e pronto para o retorno. É assim que as coisas estão no final deste carnaval. Mas antes de voltar ao batente resolvi zapear a internet em busca de informações que me ajudasse a proteger a perna magoada e esbarrei nas meias de compressão. Em meios a brigas que comprovem e outras que desmintam os benefícios da meias durante a corrida, eu resolvi me prender a um detalhe comum em todas as reportagens: estabilização dos músculos e ligamentos. É certo que utilizaras meias após os treinos ajuda na recuperação, mas isso não é novidade das nossas meios. Pessoas com problemas de circulação há décadas já tinham recomendação médica para o uso de meias de compressão, mas não é este o ponto. O ponto é que, na minha humilde opinião, ter qualquer artifício que proteja os músculos e ligamentos não deve ser ignorado. Afinal, somos amadores. Analisando friamente a situação eu resolvi colocar a culpa em minha própria negligência. Preocupado em perder compromissos acabei não me dedicando (e olha …