Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2015

A importância do descanso na vida do corredor

Depois de uma prova tão empolgante e metas alcançadas, o nível de motivação nos coloca nas nuvens. A vontade de continuar se desafiando é tão grande que perigosamente negligenciamos alguns cuidados pós-prova. Falo do merecido descanso para o corpo surrado.
Respeitar a dor muscular e dar tempo para o corpo se restabelecer é pré-requisito para que o próximo ciclo de treinos seja bem sucedido. Tá, eu sei que é difícil, mas não tem jeito. Se não consegue tirar a corrida da cabeça, leia uma revista de corrida, acesse um site de corrida, leia um blog (como o meu) de corrida, veja fotos de corrida, veja a Maratona de Berlin no YouTube, mas não pratique a corrida! Estes três ou quatro dias de descanso são importantes, meu amigo corredor amador. A não ser que você disponha de massagistas ou mecanismos para acelerar a recuperação do seu corpo.
Além disso, são dias que você pode utilizar para definir sua próxima prova e planejar os treinos com ou sem um treinador. Como já disse em outros textos so…

Desafio Boost Rio 2015: o relato

Seria muito frustrante chegar hoje ao Aterro do Flamengo após 14 semanas de treinamento e não conseguir correr o que se pode. Assim na noite de sábado, quase que por misericórdia, uma frente fria chegou ao Rio trazendo chuva e uma inacreditável queda na temperatura para os três mil corredores que participaram do Desafio Boost Rio. Há dois dias o Rio sofria com o dia mais quente do ano, com os termômetros marcando ao menos 42°C em vários pontos da cidade.
A chuva fina e a temperatura na casa dos 18°C criaram o cenário ideal para superação de marcas individuais. Após devida atenção ao aquecimento, segui para a largada dos 10 km junto com o Eric e Isabel com a estratégia montada. O objetivo era correr na zona 3 (forte) até o km 5 e depois ver o que era possível fazer. A situação estava melhor do que qualquer um ali podia sonhar. Agora era manter o foco e fazer uma boa corrida.
A largada para os 10K foi forte, mas não como em outros tempos. A perna direita não trazia muita confiança, apesar…

O que fazer com as dicas matadoras para o Desafio Boost - Adidas?

O diretor técnico da UPfit Assessoria Esportiva, em entrevista para O2, passou 10 dicas para quem pretende participar da prova organizada pela Adidas.
Quisera eu ter desempenho para estar entre os 200 primeiros colocados e disputar o tiro final de 1 km, mas como este é um outro nível de corrida, contarei o que pretendo fazer, já que correrei apenas a primeira etapa de 10 km e a segunda de 5 km.
10dicas para o Desafio BoostEndlesRun
Use estas orientações para ter a energia necessária e se dar bem no Desafio Boost Endles Run
Existem provas que exigem uma atenção melhor na estratégia durante o percurso, onde qualquer erro pode fazer você “quebrar”, e aquela sensação de frustração pode derrubar qualquer corredor sem planejamento. Em provas, como o  Desafio BoostEndlesRun Adidas, que oferecem um modelo diferente de competição (10 km + 5 km +1 km) com foco no desempenho, se o corredor não estiver muito bem preparado pode não chegar ao fim.
O Desafio Boost Endles Run começa com um percurso de 10 …

Asics, Fundação do Câncer e o GEL-Noosa TRI 10

A Asics e a Fundação do Câncer chegam ao terceiro ano de uma campanha, onde 10% da receita da compra de produtos da coleção Accelerate Hope será doada para a Fundação do Câncer. Pesquisando sobre o modelo do tênis envolvido na campanha descobri que este foi feito para pronadores como eu!
A Edição especial da série GEL-Noosa TRI 10 com cores comemorativas da campanha Accelerate Hope, além do visual, a nova entressola Solyte e a placa Propulsion Trusstic garantem melhor amortecimento e resposta mais rápida durante as passadas. A altura do calcanhar reduzida oferece mais performance com um contato mais eficiente.
O que eu sei sobre este modelo?
Praticamente nada. Um verdadeiro tiro no escuro. O blogueiro Victor Caetano deixou seu feedback sobre o modelo no Corrida Urbana. Vale a leitura. O que me chamou atenção foi o menor peso em relação ao Kayano, referência para quem tem pisada pronada (na minha humilde opinião).
O tênis é muito difundido entre triatletas e o cardaço elástico foi feito ju…

Planilhas e planilhas para chegar bem ao Desafio Boost Endless Run

Treinar para uma prova de 5 km é diferente de treinar para uma prova de 10 km. E treinar para correr ambas no mesmo dia é ainda mais peculiar. As 14 semanas de treino tiveram como base as planilhas sugeridas pelo evento. Esta semana cheguei ao final da 11ª semana de treinos, isto é, a 5ª semana da segunda planilha. Ao contrário do que ocorreu para a Etapa Inverno, ainda sinto as pernas pesadas, mesmo faltando tão pouco tempo. O volume semanal tem ultrapassado com frequência os 30 km e por conta de alguns imprevistos, ainda tive que ajustar a agenda para cumprir como planejamento. Acabei fechando esta última com 46 km rodados, coisa que não fazia desde os treinos para a maratona em 2013. O mais importante é que superei dores localizadas e não me machuquei novamente. Soube administrar a situação sem cancelar treinos, ou apelar para remédios. Um pouco de gelo e maior atenção ao alongamento foram ações suficientes para contornar uma situação que gerou ansiedade. Nas próximas duas semanas de …