Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

RESENHAS: Revista O2 - Divas

A coluna largada e a matéria Rainhas das ruas da Revista O2 de março #95 fazem justa homenagem às mulheres. Eu não poderia deixar passar o mês de março sem prestar uma homenagem. Para tal, falarei mais um pouco deste nosso mundo de treinos, alimentação regrada, equipamentos, tênis, check ups. Para quem está de fora, este universo paralelo pode ser encarado como loucura. Até por que manter uma rotina sem comprometer suas obrigações em família, com amigos e trabalho é um desafio quase impossível. Tento imaginar o quão mais complexo deve ser para uma mulher fazer o mesmo. Não é difícil imaginar o motivo delass serem adoradas como divindades em vários momentos de nossa história. Eu pude presenciar um pouco disso em nossa visita à Roma (eu e minha diva) um exemplo desta fascinação. As antigas construções eram repletas de estátuas femininas, mas não como simples personificação do belo, mas como guardiãs dos templos. Elas em seus corpos esculturais seminus empunhavam arcos e flechas, lanças,…

Vida de corredor III

Mais uma sexta-feira chegava ao fim, mas a semana estava longe de terminar. Sábado era dia de ajudar em casa. Quer dizer, tentar ajudar em casa, pois homem não entende nada de casa (não é?). Como todo esportista, não perco o espírito olímpico e tento fazer meu melhor. Por volta das sete da manhã eu já estava de pé, graças ao rebento e depois de uma breve conversa com a esposa, corria para fazer compras.
Primeira parada foi no mercado de peixe em busca de uma anchova. Era um olho nas prateleiras e outro no rebento, que lutava para se soltar da minha mão. Achei o peixe e no segundo que tentei pegar a carteira o serelepe aproveitou para dar uma corridinha pelo mercado. Avançou uns cinco metros, olhou para trás, me encarou e quando viu que eu corria para pegá-lo, tentou um novo sprint. Agora no colo, brincava com minha bochecha, enquanto eu pegava a sacola com a anchova.
Seguimos para o supermercado para comprar o que faltava e depois de um longão chegávamos em casa. O sono do rebento era…

Adidas Outono/11 - A importância da técnica e da disciplina

Às cinco da manhã ainda estava escuro. Com passos ninja saio do quarto para não acordar o rebento e minha esposa. Café da manhã: granola com iogurte. Enquanto faço o desejum assisto a algumas reportagens em vídeo na Internet, até que me arrumo e saio em direção ao Aterro. Quando chego a ponte, o dia já havia amanhecido e a previsão do tempo foi confirmada: céu nublado e sujeito a chuvas. Temperatura abaixo dos 25 graus, dia perfeito para se correr forte.

Seria apenas mais uma prova em minha vida, mas a diferença é que esta etapa do Circuito Adidas eu não faria sozinho. Perturbei tanto que consegui sensibilizar alguns amigos a corrê-la também. Todos debutaram na prova de 5 Km, mas a chance de eu ter companhia para próxima etapa de 10 Km se tornou grande depois do papo na chegada. O evento. No olhômetro calculei uns 12 mil participantes. A baia de largada realmente era extensa. Falamos de pelo menos 200 metros de pessoas alinhadas para largar para as provas de 5 e 10 Km. É impressionante…

Ensaio geral para os 10K

De todos os treinos de que tive oportunidade de experimentar achei o Tempo run o mais técnico até agora. Não é uma questão de força ou velocidade, é mais que isso (e um pouco mais). O Tempo run exige auto-conhecimento, percepção dos próprios limites para se definir um ritmo para competição. Falamos de um exercício de média para alta intensidade, mas não é um intervalado. No intervalado nos sujeitamos a corridas fortes (95% da FCM), enquanto no Tempo run precisamos encontrar um ritmo com intensidade (80% a 90% da FCM) que possa ser sustentado pelos 10 Km da prova. De nada adianta largar com tudo e faltar gás para concluir a prova, mas também não adianta segurar muito e terminar a prova achando que poderia ter sido mais rápido. No tempo run você reune tudo que aprendeu para saber do que é capaz. É o ensaio geral antes do show.

A revista O2 de fevereiro (edição 94) trás uma matéria interessantíssima que explica todos os tipos de treinamento. A matéria “A fórmula da corrida” assinada por C…

1000 Km depois...

1000 Km depois ainda é difícil acreditar que estou escrevendo este post. Muita coisa mudou no corpo e na cabeça. As conquistas vieram em várias áreas da minha vida e com efeitos permanentes em muitas delas. Há pouco mais de um ano eu procurava uma nova atividade física, pois eu não tinha mais tempo para os esportes coletivos, horário para natação e paciência para musculação. E pensar que tudo começou baseado em um simples comentário da minha amiga Aline, que dizia estar correndo em esteira para manter a forma e gostando muito. Mas naquele primeiro momento não levei a coisa muito a sério. Afinal cresci nas piscinas e nunca gostei de correr. Semanas depois, ainda buscando algo para fazer (porém ainda mais ansioso) ao passar em frente a uma banca de jornal, vi uma promoção da revista Runners World Brasil, oferecendo três revistas por pouco mais que o preço de uma. Não tinha nada a perde além dos R$ 19,90 e resolvi comprá-las. Quanto mais eu lia, mais eu percebia ser possível me fazer da …

Você se alimenta direito?

Eu não dei muita sorte nas duas consultas que realizei com nutricionistas. Apesar de todo o discurso falando que treino de forma frequente e precisava de assistência para uma complementação alimentar, cai na mesmice das dietas, fato que não me foi suficiente. Desde que iniciei os treinos, saí de um IMC 25.25 para 22.95 em um ano de treino. Foram 11 Kg exorcizados, mas uma nova preocupação veio a tona: como evitar a perda excessiva de peso com os treinos? Preciso encontrar em minha região um nutricionista que tenha conhecimentos do comportamento do corpo em atividade física. Neste mundo corrido é uma ilusão achar que encontraremos tempo para comer em intervalos de três horas de forma tranquila e serene, como se o mundo nos permitisse tal regalia.
Em meio a este furacão fiz algumas descobertas importantes (infelizmente acho que não tão precisas). Sempre quis saber quantas calorias eu deveria consumir por dia para atender minhas necessidades nutricionais. Depois de muito pesquisa, encontr…