Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Night Run Special Edition: em busca da velocidade

Quem não gosta de uma boa noitada? Eu, como qualquer morta me amarro, mas fazia tempo que eu não participava de uma BOA DAQUELAS.
Tudo começou há semanas quando meu amigo Eric estava pilhado para correr a noite. Kit bom. Prova da O2 (o que faz todo mundo lembrar do Circuito das Estações Adidas). Não iria ser preciso acordar cedo. Então, tudo de bom. Eu meio indeciso, por conta da logística com a família, adiei a decisão até onde pude, mas eu precisava realizar um tempo run para medir meu desenvolvimento pós-maratona.
Tempo Run é um ensaio para a prova alvo. Como fazia tempo que eu não sentava o pé na jaca e esta seria uma boa oportunidade para aferir meu ritmo. Ter uma competição com distância menor para a simulação é o ideal, pois não geraria tanta fadiga e dará uma noção de como as coisas estão. Como falei anteriormente, minha meta é bater meus 50'18" nos 10 km e a Night Run será um bom termômetro para meu desafio em uma das muitas provas que começarão a partir da segunda qu…

Circuito Athenas - Três nunca serão demais!

Senhoras e senhores. A Iguana Sports confirmou a data da III Etapa do Circuito Athenas RIO 2013. A prova acontecerá no dia 27 de outubro, com largada às sete e meia da manhã (parabéns à organização pela preocupação com a temperatura). Ao contrário do ano passado, a prova não acontecerá no Aterro do Flamengo. A Iguana inovou e nos convida para uma prova será na Barra da Tijuca, mas o percurso ainda será informado. A prova oferecerá as distâncias de 5, 10 e 21 km. As inscrições já estão abertas no site www.circuitoathenas.com.br e com desconto até 30 de agosto próximo.
Este ano minha esposa participou da primeira etapa e eu da segunda. Participar da terceira será um privilégio. A Iguana vem se consolidando no Rio de Janeiro, com provas e kit de qualidade. Os serviços que cercam seus eventos também são um diferencial. Ainda sonho com a massagem que fiz na segunda etapa semanas atrás. Deixo aqui novamente registrado meus agradecimentos à Iguana Sports, e principalmente a Noemia Brum, que ac…

Um domingo de fortes emoções

Sair cedo para treinar na manhã de domingo tem sido mais prazeroso que o sábado. Domingo de manhã está todo mundo dormindo, ou no mínimo na cama procurando uma justificativa para não se levantar. Ainda mais com este friozinho. Mas os 17 graus foram bons para quem iria fazer um treino de subida. Alternando 1 minuto correndo e outro andando subi em pouco menos de 25 minutos a estrada que leva ao Parque da Cidade. Lamentei não ter levado o smartphone para tirar umas fotos. A luta do sol para vencer as nuvens fez um colorido bonito.
MOSCOU 2013 Mas o post é para falar sobre uma outra emoção. Depois do treino parei uma horinha para assistir o mundial de atletismo, que rolou em Moscou. Não perderei tempo falando do revezamento da Jamaica, ou do Bolt, pois é impressionante como eles produzem talentos. Ter a corrida curta como esporte nacional tinha que gerar bons frutos. Mas o evento que me chamou a atenção foi o revezamento 4 por 100 metros feminino brasileiro. Quando elas alinharam para a la…

Reaprendendo a respirar

Se você é novo por aqui, este post só fará sentido se eu avisar que treino apenas três vezes por semana. O primeiro dia é um regenerativo, o terceiro é de resistência e o segundo, ah o segundo, é onde as coisas acontecem. É o dia dostreinos de força e velocidade. É quando o coração e os pulmões são exigidos em níveis elevados. É onde a chapa esquenta.
O segundo dia sempre foi composto por treinos de tiros, com as mais diferentes distâncias e intensidades. Esta quinta semana de treinos foi marcada por um treino progressivo, onde a velocidade mínima era meu ritmo de meia maratona. Corre-se 200 metros, respira um pouco.  400 metros, outra parada. O mesmo com 600, 800 e 1000 metros. Fazia tempo que não via minha frequência cardíaca passar de 90%, muito menos bater em 98%! A grande lição vem sendo o foco na postura e na respiração, pois percebi que tenho respirado pouco! Como o ritmo lento das provas longas, perdi o hábito da respiração 3 por 2. Eu percebi que respirava, passava um instante…

II Etapa do Circuito Athenas RIO - A história se repete

A segunda etapa do Circuito Athenas este ano teve um E de especial, pois a prova foi celebrada justamente no dia dos pais. Para um pai corredor, este já foi o primeiro presente. O segundo foi poder conhecer um pouquinho a história de algumas pessoas. Falo da Renata, do André e da Monique. Pessoas de bem com a vida e que compartilham a corrida, apesar de objetivos distintos. Tudo começou por conta do blog e por conta da sorte nos reunimos para curtir uma das mais belas provas da orla do Rio de Janeiro.
O domingo amanheceu com o sol entre nuvens e a temperatura amena. Era um ótimo dia para correr. Renata estava preocupada em atrapalhar minha corrida e eu dizendo que faria a prova em ritmo de treino. Fiel a minha prova alvo, fui correr meu último longão em ritmo leve, meu foco está nas provas de 10 quilômetros que selecionei para este segundo semestre. Dentre elas os dez quilômetros da terceira etapa do Circuito Athenas.  O ritmo da prova seria o dela e meu xará viria a reboque, pois també…

Imitando os melhores

O período de treinos de força talvez seja um dos mais difíceis para mim. Esta retomada exigida pelo novo ciclo me leva a um nível de cansaço que desafia minha capacidade de sair da cama. Mas basta vencer o primeiro round contra a preguiça para ganhar a luta. Depois que se coloca o tênis, a coisa toda ganha um novo tom. Hoje vou falar do segundo treino da última semana. Ele mereceu atenção especial, pois sua proposta era a execução de 12 tiros de 400 metros em ritmo muito forte, com um singelo minuto de recuperação.
E LÁ VAMOS NÓS O primeiro tiro foi intenso. Sentei a bota e consegui correr abaixo de 5'/km. Fiz o meus no segundo tiro, mas minha frequência cardíaca só subia. Naquele ritmo, pensei: "não chego no sexto vivo". Então comecei a pensar no que estava fazendo e me dei conta que eu não sabia mais correr rápido. Posso dizer que eu não mantive a postura, o corpo levemente inclinado para frente, o olhar para o horizonte, o movimento amplo com os braços e o controle da re…

Treino na areia

Definida a meta para o segundo semestre, o novo ciclo de treinamentos fora iniciado. E como todo bom ciclo, a ênfase ao ganho de resistência e força marca a primeira fase de treinos. A velocidade vem quase como uma consequência na segunda metade do ciclo de treinamento, quando estaremos próximos da prova-alvo. Neste primeiro período eu tenho convivido com treinos intervalados, tiros, ladeiras e a areia. Até aqui, tudo bem. A novidade veio neste último final de semana: tiros na areia! Se o devagar e sempre na areia é um exercício intenso, imagine o que são os tiros na areia. É o que vou tentar compartilhar com você.
Por conta dos longos treinos para maratona, me acostumei a aferir uma frequência cardíaca baixa. Mas uma série de tiros curtos na areia trouxe de volta aquela sensação asfixiante do máximo esforço e uma inesperada serenidade. O mundo a volta fica silencioso e o ruído da respiração e as batidas do coração parecem ensurdecedoras. Trinta segundos a toda e o mesmo tempo para me r…

Ela usa LSD

O alarme tocou e me preparei para mais uma alvorada. Era dia de intervalado. Rapidamente cheguei a praia e durante o aquecimento encontrei vários conhecidos dos treinos matutinos. Aproveitamos a coincidência de todos estarem ainda no aquecimento para trocar algumas palavras. Falei sobre os treinos com as planilhas genéricas e a assessoria esportiva que faço parte. Foi quando ELA disse que os meus treinos deveriam ser muito puxados e que preferia os tradicionais treinos longos.
Lendo a Runners #56 há alguns dias, este assunto havia passado despercebido, mas lembrei imediatamente do texto antes mesmo da conversa terminar.
E O LSD?
Entre os anos de 1960 e 1970 o treino do tipo long slow distance (LSD) foi considerado o mais eficiente dos treinos para se desenvolver a resistência do corredor. Transcrevendo as palavras do Renato Dutra, diretor técnico da Run & Fun, "As pessoas saíam por aí achando que, quanto mais corressem, melhor. Com o passar dos anos, o alto volume de treinos p…

Você corre ou sai correndo?

Esbarrei em um texto muito bom no blog do Alexandre Machado no portal Sua Corrida, onde ele diferenciou com propriedade o ato de correr e de sair correndo. O trocadilho me fez pensar nas inúmeras pessoas que correm e numa outra parcela, que não é pequena, que saem correndo crentes de que estão praticando a mais democrática e saudável das atividades físicas.
Transcrevendo. "Correr é uma ciência e exige conhecimentos fisiológico, biomecânico e metodológico para a sua prática com objetivos de trazer benefícios à saúde. Sair correndo é um ato, como você sair correndo atrás de um ônibus, você não irá prestar atenção na postura do tronco, joelhos, cabeça etc, e sim, tentar pegar o ônibus.
A corrida é emoção, prazer, uma ciência complexa e cheia de detalhes. Para cada planilha de treinamento, cada sessão e cada dia de repouso, existe uma gama de conhecimento científico com a finalidade de tornar o treinamento mais eficiente e seguro para o seu praticante."

Resolvi fazer bandeira pa…