Pular para o conteúdo principal

EMBAIXADA IGUANA INFORMA: Circuito Athenas vem aí!

A Iguana encolheu e decidiu trabalhar apenas no eixo Rio - São Paulo. Com certeza muita gente ficou triste com isso, mas reconhecer seus limites para oferecer qualidade é uma virtude. É fato que algumas pessoas tiveram feridas e outras, como eu, passaram ilesas em meio aos problemas que organizar corridas pode trazer. Mas isto é viver, tentar acertar sabendo que uma hora ou outra errará.
Circuito Vênus 2010!
Em 2012 foi criado o projeto Embaixador Iguana e acabei sendo convidado para participar deste projeto. A Letícia sempre foi muito solícita e prestativa, mas eu não sabia exatamente como deveria me portar e eles também ainda estavam estudando um pacote de ações que seria interessante para divulgar os eventos. Assim 2013 começa, com os votos e promessas definidos, para que passemos o ano feliz e participando destes eventos de qualidade acima da média. Falo porque já participei de algumas etapas do Circuito Athenas (e fiz registro no blog dos 10 Km - 1a etapa de 2012 e 4 Km na 3a etapa) e minha esposa e algumas amigas já correram as provas da WRun ou da Vênus (Vênus 2010). Até nosso rebento já caiu no asfalto nestas provas! Achei a proposta interessante e atraente, pois poderei continuar fazendo o que gosto: escrever sobre corridas, conhecer pessoas e divulgar nosso esporte. A crítica, positiva ou não, continuará a ocorrer, pois o objetivo é a qualidade. Estou na torcida para que esta nova estratégia ajude a Iguana a expandir e atingir cada vez mais pessoas. Afinal a corrida (como a maioria dos esportes) é um agente transformador e se posso ajudar no seu crescimento de alguma forma o farei.
No mesmo movimento de mudança a Iguana mudou também o Circuito Athenas, onde não haverá mais premiação em dinheiro. Porém manteve o pelotão TOP 300, um pelotão de elite para quem possui tempos extraordinários para o nível amador (masculino abaixo dos 46 minutos e feminino abaixo dos 50 minutos). É uma prova bem organizada e ainda não tem o apelo do Circuito das Estações Adidas com seu efetivo que normalmente superar 10 mil participantes.
As inscrições para a corrida que ocorrerá no dia 24 de março no Rio de Janeiro já estão abertas e nas próximas semanas ainda existe um desconto. Para os assinantes das revistas THE FINISHER, ou WRUN fica ainda mais barato. A novidade é um pacotão das 3 etapas que ocorrerão no ano por um preço realmente atraente. É um projeto interessante, visto que a cada etapa seu desafio fica maior. Ao pessoal que sangue nos olhos o ano começará com uma prova de 10 Km, depois enfrentará uma segunda etapa de 16 Km (ou mais comumente conhecida como a tradicional prova de 10 milhas) e termina o circuito com uma meia maratona. Outro ponto positivo é que um dos patrocinadores é o Gatorade, que oferecerá um isotônico de qualidade. Falo isso, pois ainda estou traumatizado com aquela bebida de água de coco misturada com manga que foi oferecida no Circuito do Sol. Que saudades do Powerade.
Se tudo der certo, estão previstos sorteios de brindes da Iguana através deste blog. Espero que você seja um dos felizardos. Fecho o post com o calendário das provas organizadas pela Iguana. Para ampliar as imagens, clique sobre elas.
Então, boas passadas e fiquem de olhos abertos nos informativos da EMBAIXADA IGUANA.

Comentários

  1. Grande André, também tive sorte de participar deste projeto. A 1ª etapa está garantida, rumo aos 10K. Depois 16K e 21K. Mandei um email para eles para tentar o top 300, mas não tive resposta.

    A gente se encontra lá.

    Abraços,

    Victor Caetano

    corridaurbana.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que eles lhe retornem, Victor. Mas correr os 10 Km abaixo de 46 minutos ainda é um sonho para mim.
      Até lá.
      Abraços

      Excluir
  2. Hummm... Esse seu post muito me animou, André!
    Acho que vou embarcar nessa!
    E a informação de que é o gatorade que patrocina realmente foi o empurrãozinho que faltava! Coco com manga nunca mais! rs
    Abraços,
    Renata
    Ah! Achei muito fofa a foto com o rebento! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (Muitas risadas depois)
      Renata,
      Fica claro que o sucesso está nos detalhes. Aquela bebida realmente foi o ponto FRAQUÍSSIMO do Circuito do Sol. Mas como reclamar para o vento não trás nada de bom, pergunto se você respondeu a questionário da O2 avaliando a prova. Se não o fez, segue o link http://www.circuitosol.com.br/rio-de-janeiro/#!pos-prova/.
      Se eles têm humildade suficiente para querer saber nossa opinião em busca de qualidade, não podemos desperdicar a oportunidade.

      O pequenino vem seguindo os passos do pai. Já participou de algumas provas infantis. Um barato. Assistir uma criança crescer feliz realmente enobrece um homem e fortalece o coração.
      Obrigado mais uma vez pela visita.
      Boas passadas!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado por você passar por aqui.
Deixei sua opinião ou comentário sobre o tema. Uma boa conversa é sempre salutar.
Boas passadas!

Postagens mais visitadas deste blog

André e seu novo tênis: Asics Gel Cumulus

É o Cumulus! O tênis me obrigou a fazer uma homenagem ao velho humorista que tive a satisfação de conhecer na minha infância, quando os Trapalhões passaram por Recife. Mas Cumulus é o nome do meu novo parceiro de corrida. O Asics Cumulus é um tênis com ênfase no amortecimento, mas não tão caro quanto o Asics Nimbus ou o Asics Kayano. Teste de rua. O tênis é realmente impressionou, com um amortecimento realmente inesperado. Para quem lê pela primeira vez este blog, eu estou trocando os tênis com ênfase em estabilidade por aqueles com ênfase em amortecimento. Há algum tempo busco um bom ortopedista para diagnosticar uma dor, que acho ser na crista ilíaca (depois de muito procurar em mapas de anatomia), ao invés de passar simples anti-inflamatórios.  Eu defendo uma têse de que a dor seja consequência do impacto, tanto que enquanto usei o Adidas Cushion (amortecimento) ela diminuiu. Quando voltei para o Asics Kayano (estabilidade), assim como quando usei o Adidas Sequence ela se fez mais pr…

Você é um corredor iniciante, intermediário ou avançado?

A Runners de fevereiro (Ed. 28) começa com uma matéria muito interessante na seção Treino. A matéria Semanão fala sobre a importância dos ciclos no desenvolvimento do corredor e que tentar colocar em uma única semana todos os tipos de treino é algo realmente complicado, quando não, improvável de ser feito. A sugestão é adotar um intervalo de tempo maior para que possamos incluir todos os treinos necessários para nosso desenvolvimento. A idéia é boa, simples e de praxe a revista ainda apresenta sugestões para os treinos de qualidade. Mas o que mais me marcou na reportagem foi a forma como foi identificado o nível do corredor. É a primeira vez que vejo algo do gênero, então segue o registro:Iniciante: aquele que corre até 24 Km semanaisIntermediário: aquele que corre de 24 Km a 48 Km semanaisAvançado: aquele que corre de 48 Km a 64 Km semanaisComo você se vê? Sua quilometragem semanal será determinante para o desenvolvimento de sua capacidade como corredor, seja seu objetivo ganhar resi…

O segredo dos corredores quenianos

Passei a semana procurando informações sobre corredores quenianos. Achei matérias que justificavam o desempenho deles o fator genético, outros usaram os treinos em altitude (O Quênia está a mais de 2.000 metros do nível do mar) e por fim a dedicação. A matéria O SEGREDO DOS CORREDORES QUENIANOS de Javier Triana humaniza os feitos dos queniano, mostrando mais uma vez que somos fruto do meio. A necessidade mais uma vez faz o homem. Prova disso foi que o "britânico" Mo Farah, vencedor dos 10.000 metros e o Kiprotich de Uganda fizeram. Eles treinam no Quênia, no High Altitude Training Centre, a capital mundial da corrida em distância - veja reportagem na The Finisher.
Com um estilo de vida tão simplório, correr sempre foi algo necessário para cruzar distâncias. Como foi bem dito na reportagem, eram 10 quilômetros para ir para a escola e outros dez para voltar para casa. Assim como a bola está para as crianças brasileiras, a corrida está para as crianças quenianas. A especializaçã…