Pular para o conteúdo principal

5 meses: adeus à barriga

Apesar da abordagem generalista, as revistas especializadas tiveram um papel essencial nestes primeiros meses de treinamento. Revendo algumas belas reportagens achei as dicas para ganhar velocidade na Runners #18 merecedoras de citação para este post. Incluindo treinos intervalados e de resistência a rotina semanal gradativamente teremos a melhora de nossas marcas pessoais. A revista ainda trás 47 motivos para se correr, mas lhe garanto que antes de chegar ao décimo motivo você estará sorrindo e feliz por ter escolhido a corrida como esporte, ou forma de se manter saudável.

Por falar em saúde contabilizei 8 Kg a menos desde o início dos treinos em 22 de março. É bastante coisa e graças ao bom Deus quase todos exorcizados da barriga, que de chamariz, passou a uma reles lembrança. Minha preocupação atual é manter uma dieta. Uma dieta de engorda. Se não me atentar a alimentação, emagrecerei além do desejado. Não penso, no momento, em aumentar a intensidade dos treinos para buscar marcas melhores, pois o trabalho e a família precisam de meu tempo. Voltando a dieta de engorda, estou para visitar uma nutricionista em busca de orientação. Preciso mapear a alimentação para evitar perder mais peso.

Por falar em saúde, preocupado em evitar lesões montei uma planilha de exercícios funcionais para execução nos dias em que não houver treino. Salvo subir escadas e as flexões, os demais exercícios dependem de alteres, bolas pesadas, conforme já apresentado em algumas reportagens da revista Runners este ano.

Tempo run. O treino do último domingo foi um TR de 75' em que corri 11K. Nada mal se levar em conta que a FCM média foi de 79%.

Trail running. Para quebrar a rotina, desafiei a chuva fina e fugi do treino no asfalto. Alterei o percurso indo para o zoológico do Fonseca. Suas trilhas de terra batida e extremamente arborizadas me fizeram esquecer que estava em uma pequena ilha de natureza no mar de concreto chamado de civilização. O som da cidade foi abafado pelo muro verde, permitindo ouvir os pássaros, o pequeno corrego e minhas passadas na terra molhada. Respirar um ar sem sabores artificiais foi o toque final neste treino leve de 45'. Gostaria de compartilhar o visual com você, mas a chuva não me permitiu fotografar a paisagem. Fica para próxima.

Como tudo que é bom nesta vida, acabou rápido. Foi correr para casa, pois dia de semana é dia de trabalho.

Até domingo.

Comentários

  1. Gostaria de dizer que o meu amigo André está uma verdadeira máquina de correr. No domingo, me aventurei a correr com ele e apesar do ritmo forte, foi ótimo!!! Uma corrida maravilhosa amparada pelo visual da praia de Icaraí.

    ResponderExcluir
  2. Fala André! Achei muito interessante este teu blog!Parabéns! Você realmente tá bem pilhado com as corridas! Aliás, ESTAMOS, agora tô trabalhando a minha padawan... para ter ideia inscrevi a Rafinha para a corrida das academias kids e tenho feito uns treinos de velocidade com ela me acompanhando de bicicleta (Mc Donald São Francisco ao Catamarã, ida e volta)mais um pouco será o Luquinhas tb.hehehe Hj e amanhã tô em Volta Redonda, mas vamos ver se marcamos um dia para correr e eu te atualizar sobre as minhas experiências nas duas meias e com os diferentes tênis e marcas... e vc me atualizar destes teus numeros, planilhas e materias q le. Domingo é um dia bom para uma corrida de noitinha seguida de papo. Abs

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelo carinho e amizade, Marta. É realmente uma retomada o que a corrida me proporcionou nos últimos meses. Correr hoje é mais que uma atividade física, tornou-se um estilo de vida.
    Sua companhia será sempre bem vinda!

    ResponderExcluir
  4. Estou muito a fim de colocar este papo em dia, compadre! Afinal é a informação que nos faz melhor no que nos propomos a fazer. Achei um barato o lance com a Rafinha... com a energia que o Lucas tem, daqui a pouco ele estará em uma empreitada destas realmente.

    Tenho feito o longão normalmente no domingo de manhã, para aproveitar mais o dia. Mas novas experiências são bem vindas :-)

    Forte abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por você passar por aqui.
Deixei sua opinião ou comentário sobre o tema. Uma boa conversa é sempre salutar.
Boas passadas!

Postagens mais visitadas deste blog

André e seu novo tênis: Asics Gel Cumulus

É o Cumulus! O tênis me obrigou a fazer uma homenagem ao velho humorista que tive a satisfação de conhecer na minha infância, quando os Trapalhões passaram por Recife. Mas Cumulus é o nome do meu novo parceiro de corrida. O Asics Cumulus é um tênis com ênfase no amortecimento, mas não tão caro quanto o Asics Nimbus ou o Asics Kayano. Teste de rua. O tênis é realmente impressionou, com um amortecimento realmente inesperado. Para quem lê pela primeira vez este blog, eu estou trocando os tênis com ênfase em estabilidade por aqueles com ênfase em amortecimento. Há algum tempo busco um bom ortopedista para diagnosticar uma dor, que acho ser na crista ilíaca (depois de muito procurar em mapas de anatomia), ao invés de passar simples anti-inflamatórios.  Eu defendo uma têse de que a dor seja consequência do impacto, tanto que enquanto usei o Adidas Cushion (amortecimento) ela diminuiu. Quando voltei para o Asics Kayano (estabilidade), assim como quando usei o Adidas Sequence ela se fez mais pr…

Você é um corredor iniciante, intermediário ou avançado?

A Runners de fevereiro (Ed. 28) começa com uma matéria muito interessante na seção Treino. A matéria Semanão fala sobre a importância dos ciclos no desenvolvimento do corredor e que tentar colocar em uma única semana todos os tipos de treino é algo realmente complicado, quando não, improvável de ser feito. A sugestão é adotar um intervalo de tempo maior para que possamos incluir todos os treinos necessários para nosso desenvolvimento. A idéia é boa, simples e de praxe a revista ainda apresenta sugestões para os treinos de qualidade. Mas o que mais me marcou na reportagem foi a forma como foi identificado o nível do corredor. É a primeira vez que vejo algo do gênero, então segue o registro:Iniciante: aquele que corre até 24 Km semanaisIntermediário: aquele que corre de 24 Km a 48 Km semanaisAvançado: aquele que corre de 48 Km a 64 Km semanaisComo você se vê? Sua quilometragem semanal será determinante para o desenvolvimento de sua capacidade como corredor, seja seu objetivo ganhar resi…

O segredo dos corredores quenianos

Passei a semana procurando informações sobre corredores quenianos. Achei matérias que justificavam o desempenho deles o fator genético, outros usaram os treinos em altitude (O Quênia está a mais de 2.000 metros do nível do mar) e por fim a dedicação. A matéria O SEGREDO DOS CORREDORES QUENIANOS de Javier Triana humaniza os feitos dos queniano, mostrando mais uma vez que somos fruto do meio. A necessidade mais uma vez faz o homem. Prova disso foi que o "britânico" Mo Farah, vencedor dos 10.000 metros e o Kiprotich de Uganda fizeram. Eles treinam no Quênia, no High Altitude Training Centre, a capital mundial da corrida em distância - veja reportagem na The Finisher.
Com um estilo de vida tão simplório, correr sempre foi algo necessário para cruzar distâncias. Como foi bem dito na reportagem, eram 10 quilômetros para ir para a escola e outros dez para voltar para casa. Assim como a bola está para as crianças brasileiras, a corrida está para as crianças quenianas. A especializaçã…